...surgiu, como se desintoxicar do homem errado, mas com o tempo mudou para "Como se desintoxicar da pessoa errada". Existem mulheres e homens intoxicados.Tanto as mulheres quanto os homens tem sua parcela de culpa por se intoxicarem pelas pessoas erradas, afinal, todos temos o livre arbítrio, temos como escolher, cada um tem a sua responsabilidade! Esse blog surgiu para trocar experiências, dar um ponto de vista diferente para que seja feita a auto-análise para mudar algo....descubra o que será mudado em você. Seja feliz. Sua felicidade depende somente de você!!! Não coloque a responsabilidade de sua felicidade em alguém que não possa te fazer feliz.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Fatos e algumas fotos

Por Simone Cardoso

Moro no Rio de Janeiro desde dezembro de 2007.
No meu primeiro dia de emprego no Rio de Janeiro foi com adrenalina, gratificante mas acima de tudo inesquecível, entenda porque! Fui de trem, peguei errado e fui parar num lugar onde tinha acabado de ter um tiroteio; vi muito sangue espalhado por todos os cantos, mas nenhum defunto: é porque o IML já tinha sido muito eficiente e recolhido o corpo. Para melhor ilustrar a você o cenário, tratava-se da favela do Jacarezinho ou Morro do Alemão. Fiquei tranqüila, por incrível que pareça, nada de muito diferente de São Paulo. Voltei, me informei perante duas pessoas para ter certeza do que fazia e peguei a linha correta do trem. No segundo dia, a “homilia continua”, quase passei em por cima de um cadáver quando estava chegando ao trabalho. O bandido foi roubar uma quitanda e levou chumbo na testa! Dessa vez fiquei um pouco mais assustada, mas só um pouquinho, porque seria improvável eu permanecer viva, se todos os dias a minha volta alguém morresse. Não comentei nada com minha família em São Paulo, já que lhes basta o sensacionalismo que a mídia exagera sobre o Rio.
E os dias correndo maravilhosamente bem na cidade maravilhosa, até que comecei a perceber alguns fatos.
Fato 1: No Rio de Janeiro os papéis de homem e cachorro se inverteram. Não para todos os homens. Veja bem: já vi em vários horários homens fazendo xixi em muros, postes e até árvores! É um absurdo, tiram o bilau para fora, sem se preocupar com quem esteja por perto e fazem a “arte”. E ainda, na maior cara-de-pau!
Na porta do prédio onde moro tem uma placa feita pelo poeta Gentileza...mostra um homem em pé fazendo xixi com um circulo vermelho e uma faixa vermelha cruzando a placa. Pior de tudo quando comentei com meus amigos de São Paulo e de Minas Gerais sobre essa obra, ninguém acreditou. Fizeram a vez de São Tomé...tirei algumas fotos da placa e enviei. Só acreditaram vendo!
Foto da placa em frente ao prédio.

Fato 2: Há mendigos bilíngües e até poliglotas. Vi e ouvi um pedindo esmola em inglês, mais para frente na mesma rua, um mendigo me pediu “pesetas” em espanhol de maneira meio desengonçada e semana passada se não me falhe a memória outro mendigo me pediu de maneira desesperada misturando o italiano, inglês e espanhol com mais algum idioma que ele inventou na hora – detalhe: sou brasileiríssima, não tenho cara de gringa, muito menos de dondoca madame com dindim de sobra. O que a miséria não faz? Na dúvida, eles pedem, e com a insistência aliada à sorte, sempre acabam conseguindo e alguns deles ali estão para nos contar e repetir a estória!
Fato 3: Se tratando de balada de sábado a noite, para quem está sem muitos tostões no bolso, basta dar uma voltinha na Lapa perto dos Arcos.Tem uns botecos sem nenhum requinte com pessoas de todos os jeitos, mas nem por isso deixa de ser divertido, você pode beber cerveja a preço justo e ainda jogar sinuca a noite inteira junto da “malandragem”. O que mais me encanta na Lapa é que você encontra diversão para todos os gostos e bolsos, no caso vai depender muito de como está o seu saldo bancário para que você vá a Lapa requinte.
Fato 4: Entre tantas coisas diferentes que se pode ver no Rio de Janeiro, nada paga o pôr-do-sol do Arpoador, esteja o dia nublado ou totalmente limpo, a amizade do povo carioca é natural e impessoal. Quando recebem turistas ou imigrantes de outros estados, mesmo se tratando de paulista (do Paraguai) como eu, fazem questão de lhe mostrar o lado positivo da vida. A cervejinha gelada na tarde de sábado em um dos quiosques no calçadão de Copacabana, o barulho das ondas do mar que mais parece que todos os deuses estão sussurrando com você.
Fato 5: Adoro acordar às 5 da manhã, vou correr na praia, vejo o sol nascer, os finais das madrugadas são lindos, vou tirando várias fotos do amanhecer carioca, até encontrar neles o meu próprio renascimento diário. Para quem acordava às 5 da manhã, ficava umas 2 horas dentro de um ônibus fretado para chegar ao trabalho já é um grande progresso. Voltando...depois da minha corrida matinal entro no mar, um refrescamento rápido e troca de energias me fazem outra; volto então para o apê, tomo banho para mandar o sal de volta ao mar e vou trabalhar. E vidão “bão”, pena que a gente morre e espero que nunca cedo para presenciar muitos desses momentos!
Conclusão: Entre tantos outros fatos ou não, daqui não saio, daqui ninguém me tira!

6 comentários:

  1. aeueahueahuea pelo amor de deus, de onde essa mulher saiu? nunca viu os outros mijarem na rua? auhauhau os mendigos da crackolandia aqui de são paulo mijam onde? ahauhauhau eles tocam na casa das pessoas e pedem gentilmente para usar o toilete? AUEHUAEHUEAUHEA

    ResponderExcluir
  2. http://comosedesintoxicardohomemerrado.blogspot26 de julho de 2009 15:24

    Gentem não é mendigo..são pessoas comuns mesmo!!! è sério.

    Isabelle, não é inventado é verdade! Vc já andou de trem aqui no Rio? Eu já...e muitas vezes. Essas coisas aconteceram nos meus primeiros dias aqui...anda em Copacabana para vc ver... Mas enfim

    ResponderExcluir
  3. ahahaha pior que eu já vi mendigo pedindo esmola em inglês ahahahah, muito bom.

    ResponderExcluir
  4. EU moro no Rio de Janeiro também.Pior que é verdade, já vi isso (xixi na rua as 14:00 " e não eram mendigos" e mendigos pedindo esmola em outras linguas)

    Isabelle, Inventado é o seu mundinho que certamente deve ser a internet.

    ResponderExcluir
  5. iinventado nada miinha filha, eu mooro na rociinha e vejo isso direto, mas pra flr a verdade, DAQUI NAO SAIO, DAQUI NGM ME TIRA ♫' ²

    ResponderExcluir

Espero que o blog tenha te ajudado e agradeço a sua participação com seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...