...surgiu, como se desintoxicar do homem errado, mas com o tempo mudou para "Como se desintoxicar da pessoa errada". Existem mulheres e homens intoxicados.Tanto as mulheres quanto os homens tem sua parcela de culpa por se intoxicarem pelas pessoas erradas, afinal, todos temos o livre arbítrio, temos como escolher, cada um tem a sua responsabilidade! Esse blog surgiu para trocar experiências, dar um ponto de vista diferente para que seja feita a auto-análise para mudar algo....descubra o que será mudado em você. Seja feliz. Sua felicidade depende somente de você!!! Não coloque a responsabilidade de sua felicidade em alguém que não possa te fazer feliz.

sábado, 19 de setembro de 2009

Mulher Chiclete


A mulher chiclete, se envolve sempre da mesma maneira. Mudam os companheiros, mas os erros permanecem. É como se ela não enxergasse. Na verdade, a mulher chiclete precisa parar e olhar dentro de si mesma, investigar emoções, modificar insatisfações, caso contrário a tendência natural é repetir o erro, sempre. Qual o homem que não gosta de ser paparicado? Receber elogios, sentir-se amado, desejado...hum...coisa boa! Mas, tudo tem a dose certa. É como um doce que não pode passar do ponto. Porque demonstração de carinho em excesso, passa o tempo, esgota a paciência e...azeda. Tá certo que no início tudo são flores. E dá vontade mesmo de mandar até flores, cartõezinhos, e-mails com emoticons, torpedos...Ligar toda hora pra saber como o amado está, só pra dizer ´te amo´, que está com saudade, e falar daquele jeitinho meigo que só uma mulher sabe usar e abusar. A mulher chiclete quer fazer parte de todos os momentos da sua vida, por isso liga, escreve, aparece de repente...Não percebe que ao querer demonstrar afeto, exagera. Ao invés de aproximar, afasta.
Existem mulheres que exageram, que já viraram até piada: “Mulher é igual a chiclete: quanto mais se pisa, mais gruda no pé!” É isso!Nasceram pra grudar feito chiclete em todos os homens que surgem no caminho com alguma possibilidade de algo mais. E, na maioria das vezes, fica só na possibilidade mesmo, porque é difícil dar certo um relacionamento assim. Que homem vai agüentar as cinco mensagens no celular que você deixou após alguns beijinhos da primeira ficada?
Mas será que as mulheres necessitam estar o tempo todo ao lado do parceiro, fazendo suas vontades, mostrando-se presentes, podem ser consideradas doentes?Qualquer tipo de dependência afetiva é patológica. Portanto, a mulher grudenta é antes de tudo imatura.
Bom, mas aqui falamos sobre a mulher chiclete, como se isso fosse uma característica somente feminina. Na-na-ni-na-não! O homem quando gruda, sabemos, tem reações iguais ou até piores. Esse comportamento também é muito típico de homens, até talvez em um percentual maior, pelo simples motivo de ainda termos o ranço de que o homem como provedor, senhor e autoridade, deva ser mimado e ter suas vontades indiscutivelmente satisfeitas. Não só por serem homens, mas por ainda termos resquícios de uma sociedade patriarcal que não se adaptou á realidade de que hoje homens e mulheres têm as mesmas responsabilidades e os mesmos direitos.Quando o parceiro começar a perceber que sua vida está perdendo o sentido, que suas ações estão sendo dirigidas mais para a necessidade de satisfazer o outro do que a si mesmo, já é hora de repensar a dinâmica da relação.
Acho que todos nós já deparamos com ( e fomos) um caso de amor-chiclete, ou seja, aquele que independe do sexo, de ser homem, mulher ou homossexual. Os dois grudam, os dois ligam insistentemente, os dois cobram, os dois brigam, os dois se xingam, os dois agridem, os dois exigem um relacionamento a dois, sem mais amigos, familiares, nada...tudo se resume ao ´eu e você´, o resto é resto. Amor insistente, dependente, doente, enfim, nada traz de bom, porque... “Chiclete!OBA!OBA!”...só na música do Chiclete com Banana, mesmo assim olhe lá!

3 comentários:

  1. KKKKKKKKKKKKK Adorei. è bem por ai mesmo!

    ResponderExcluir
  2. conheci uma que ja era super bonder, custou pra desgrudar...

    ResponderExcluir

Espero que o blog tenha te ajudado e agradeço a sua participação com seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...